sexta-feira, 2 de abril de 2010

Anabolizantes pro BEM e pro MAL

Olá seguidores!!

Bom, com mais um atraso no post, acho que vou na apresentação do blog e mudar o dia dos posts da quarta-feira para a sexta =p

Brincadeiras a parte, vamos falar de um assunto que há algum tempo já foi mais debatido, mais comentado, e hoje em dia está caindo um pouco no esquecimento. São os anabolizantes!



De forma direta:

O que são anabolizantes?
São hormônios esteróides naturais ou sintéticos que promovem o crescimento celular e sua posterior divisão, resultando no desenvolvimento de vários tipos de tecidos, especialmente o muscular e o ósseo. São geralmente devirados da testosterona(hormônio masculino) e administradas principalmente via oral ou na forma injetável.

Qual a sua utilidade?
Desde de sua descoberta, por volta dos anos 30, os esteróides anabólicos têm sido usados em procedimentos médicos para estimulação do crescimento ósseo, aumento do apetite, puberdade e crescimento muscular. Também utilizados em pacientes debilitados por sérios acidentes ou submetidos à grandes cirurgias. Uso mais comum em pacientes cronicamente debilitados por doenças como câncer e AIDS.

E onde mais?
Era sobre os esportes que você queria saber né? Pois é, o uso de esteróides anabolizantes têm se tornado cada vez mais comum nos praticantes de esporte como forma de desenvolvimento muscular e na recuperação de lesões, tudo isso para atingir níveis maiores de competitividade. Bom, nesse cenário aqui, nem preciso dizer o que acontece com atletas PROFISSIONAIS que se utilizam de pequenos estimulantes para melhorar a performance nas competições. Que dirá do uso de anabolizantes. Temos na Brasil exemplo do BANIMENTO do esporte por uso de esteróides.

E onde mais?
Humm.. estás querendo saber também dos garotões e garotonas que se utilizam de anabolizantes, de forma deliberada, para conseguir músculos, alimentar seus egos e impressionar por ae. Nesse cenário, vou me deter um pouco mais, pois aqui é onde está o perigo.

A falta de acompanhamento médico-nutricional, faz com que, principalmente os jovens, se utilizem dos esteróides de forma totalmente descuidada e descontrolada. Descuidada por não se preocupar com a devida assepsia na administração das dosagens, principalmente na forma injetável, acarretando várias patologias, ainda podendo adquirir uma AIDS para casos de compartilhamento de seringas.
O descontrole se dá pela falta de conhecimento do indíviduo sobre as corretas dosagens para determinada massa corpórea. Sem esse conhecimento, uma dosagem abaixo da suficiente não iria render da forma esperada. Uma super dosagem traria complicações, desde efeitos colaterais até doenças graves. Posso citar algumas:

Problemas para ambos os sexos
- aumento do colesterol;
- diminuição do HDL;
- aumento do LDL e da agregação plaquetária;
- arteriosclerose;
- trombose;
- cardiomiopatias;
- infartos do miocárdio;
- AVC (acidente vascular cerebral);
- embolia pulmonar.

Tá pouco?

Só para homens
- diminuição da produção endógena de testosterona;
- atrofia testicular(temporário, devido a inibição da espermatogênese);
- infertilidade;
- oligo ou azoospermia(ausência de espermatozóide);
- impotência;
- hipertrofia da próstata;
- carcinoma prostático(câncer de próstata);
- ginecomastia(nome dado ao crescimento das mamas nos homens).

Só para mulheres
- amenorréia (ausência de menstruação) e infertilidade;
- atrofia uterina;
- aumento do clitóris;
- atrofia dos seios;
- virilização(aumento de características masculinas em mulheres: pêlos, voz, etc);
- engrossamento da voz.



Na figura, as cicatrizes que ficaram depois de ter a pele estourada por uso excessivo de esteróides. Não coloquei a figura da pele inflamada porque sei que nem todo mundo tem estômago. Mas acreditem, é horrível.

Satisfeito com a série de problemas acarretados pelo uso deliberado e sem acompanhamento de esteróides anabólicos?

Então, pra terminar, o conselho:

Se você é magrinho ou magrinha e quer ter um aumento de massa muscular sadio e responsável, procure um Nutricionista primeiro. Você será instruído a conseguir seu objetivo de forma natural e respeitando seu organismo. Caso tenha problemas patológicos que necessitem intervenção médica, o próprio nutricionista te encaminhará para um Endocrinologista para tratamento conjunto. Supervisionado por estes profissionais, caso você necessite de doses de anabolizantes, será indicado a forma e a dosagem correta para alcançar sua meta. E claro, não esquecer de praticar atividade física, especialmente, para este caso, a musculação, acompanhado de um profissional de Educação Física.

Esse assunto é muito vasto. Apesar de ter me estendido, tenham a certeza que só falei o básico. O objetivo é de alertar. Espero ter conseguido.

Para descontrair...



Muito Obrigado aos leitores e até a próxima.

Grande Abraço!

Respire Saúde!

4 comentários:

  1. Obrigado pela sua contribuição Gustavo (Y)

    ResponderExcluir
  2. Ugo, muito importante você ressaltar a necessidade de respeitarmos os limites do nosso corpo!!!!!

    Como vc msm relatou, se a intenção é ter um corpo "sarado " e saudável, é fundamental praticar EXERCÍCIOS FÍSICOS bem orientado e ALIMENTAR-SE bem.......

    Não é preciso fazer uso dessas drogas!!!

    ATIVIDADE FÍSICA + ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL é a fórmula correta para que os resultados sejam alcançados de maneira eficiente e duradoura.

    ResponderExcluir
  3. Ótima visão de uma nutricionista profissional.

    Obrigado Geovanna pela sua contribuição.

    ResponderExcluir